Evite 15 males indo ao dentista

By 1 de agosto de 2018 março 8th, 2019 Notícias

A dica super quente é: inclua pelo menos uma visita ao dentista no seu check-up anual!

A saúde começa pela boca e o exame odontológico revela muitas coisas além de cáries. A presença de diabetes, deficiência de vitaminas ou a suspeita de câncer oral podem ser diagnosticadas no exame oral. O rosto, a cabeça e o pescoço são avaliados. A saúde da gengiva, a mordida, a saliva e a articulação do maxilar inferior são objeto de análise.

Visitar o dentista regularmente, em intervalos menores do que um ano, pode prevenir vários problemas bucais, além de evitar vários males para a sua saúde.

Confira aqui 15 males que podem ser evitados com consultas regulares ao dentista:

1) Fobia do dentista

Esse mal pode ser eliminado ao se conhecer as novas e avançadas tecnologias que surgem a cada nova consulta, ganhando a percepção de que os novos tratamentos podem ser rápidos e indolores.

2) Cáries, gengivite e doenças periodontais

Consultas regulares ao dentista evitam que os problemas evoluam sem que você saiba. As orientações profissionais auxiliam no processo de prevenção e cuidados.

3) Dores de dente

No exame periódico, são detectadas possíveis complicações futuras e, assim, as dores são evitadas.

4) Mau hálito

A maioria dos casos de mau hálito tem origem na boca. Escovar os dentes e a língua após as refeições contribui para um hálito saudável, mas problemas bucais podem causar o problema, mesmo com boas atitudes de limpeza.

5) Vergonha de sorrir

Além de manter os dentes limpos e sem placas, tártaro ou cáries, a limpeza periódica no consultório completa a higienização diária, limpando os locais de difícil acesso. Em caso de manchas, o dentista pode indicar ou executar um clareamento dos dentes. Os casos de desalinhamento são identificados e direcionados para um especialista em aparelhos ortodônticos.

6) Baixa autoestima

Dentes desalinhados ou em mau estado, gengivas com problemas, placas aparentes, mau hálito ou dores constantes podem minar a autoestima.

7) Dores de cabeça

Muitos casos de dores de cabeça podem ser causados por mordida desalinhada, má mastigação ou disfunção da mandíbula.

 

Você pode se interessar também:

Como é uma consulta odontopediátrica?

Conheça as principais especialidades em Odontologia

15 males que podem ser evitados com consultas regulares ao dentista

Como funciona a perícia em plano odontológico?

 

8) Dores de ouvido agudas e quadros de sinusite

Diversas complicações e incômodos dolorosos podem ser consequência de problemas relacionados à mastigação.

9) Desgastes e quebras nos dentes em decorrência do bruxismo

O bruxismo, caracterizado por movimentos involuntários de apertar e ranger os dentes principalmente durante o sono, pode ser minimizado com o uso de aparelhos removíveis para evitar a tensão entre os dentes. Durante as visitas regulares ao dentista, este pode identificar o início do problema e evitar perdas maiores.

10) Distúrbios gastrointestinais

Problemas relacionados à mastigação também podem provocar azias, refluxos e outros distúrbios dos estágios iniciais da digestão.

11) Problemas cardíacos

Problemas cardiológicos podem ter origem na proliferação de bactérias nocivas ao coração, decorrentes de processos infecciosos ocorridos na boca e que podem ser identificados pelo dentista.

12) Câncer Bucal

As chances de tratamento e cura do câncer são muito maiores se ele for descoberto no início. O dentista pode identificar lesões que podem indicar a suspeita de um câncer bucal.

13) Dificuldade em levar as crianças ao dentista

As crianças aprendem pelo exemplo e este caso não é uma exceção. Quando identificam, nos adultos, atitudes responsáveis pela saúde e hábitos de higiene e prevenção, este mesmo comportamento será assimilado por elas.

14) Desinformação e confusão causada por excesso de informações

Atualmente é frequente conhecermos as novas tecnologias e técnicas odontológicas através dos meios de comunicação e redes sociais. Uma conversa com o profissional de odontologia nas visitas periódicas pode esclarecer dúvidas e evitar danos causados por procedimentos inadequados e perigosos.

15) Gastos desnecessários

O gasto com a prevenção é infinitamente menor do que com a intervenção. O hábito de se fazer visitas regulares ao dentista pode evitar sustos e desequilíbrios financeiros em decorrência de tratamentos caros, demorados e que poderiam ter sido evitados.

Uma ótima prática é manter um bom plano odontológico que cubra todas as despesas familiares. Além de se prevenir de todos os 15 males listados, você estará investindo de forma inteligente em sua saúde e na saúde de sua família. Conheça os planos odontológicos da Uniodonto em nosso site http://uniodontouberlandia.com.br/.

Leave a Reply