Saúde bucal dos bebês: 8 dicas essenciais

By 15 de agosto de 2018 março 12th, 2019 Notícias

A saúde dos filhos pequenos é foco constante de preocupação e cuidados por parte dos pais e cuidadores. Assim também deve ser em relação à saúde bucal dos bebê.

Nessa área, a principal atenção deve ser dada à higienização da boca e dos dentes, desde o seu aparecimento, com disciplina e regularidade.

De acordo com a Associação Brasileira de Odontopediatria, a nova recomendação para os pais é que a higiene bucal do bebê deve começar assim que aponta o primeiro dentinho: “No bebê com exclusivo aleitamento materno e sem a presença de dentes não é necessário fazer a limpeza, porque o leite materno protege toda a cavidade oral”. Portanto, a higienização com gaze umedecida após as mamadas, antes do nascimento dos dentes, é dispensável para os bebês que amamentam apenas em suas mães.

Porém, vários cuidados são necessários após o nascimento do primeiro dente. E nós listamos aqui 8 dicas para você não se descuidar da saúde bucal do seu bebê:

1 – Levar ao dentista ao apontarem os primeiros dentinhos

Levar o bebê ao dentista regularmente após o nascimento dos primeiros dentes pode ajudar e muito na relação que a criança desenvolve com o consultório e o profissional de odontologia, e é fundamental para a prevenção de cáries e para a identificação de anormalidades nos dentes e arcadas. O odontopediatra também vai orientar os pais em como cuidar da saúde bucal do bebê e como agir em casos de traumas e quedas que atinjam a boca e os dentes.  Além disto, quando a criança ainda está amamentando na mãe, os dentes podem machucá-la, comprometendo um momento muito importante na relação entre os dois. Havendo necessidade, o dentista pode desgastar o dentinho que está atrapalhando a amamentação.

2 – Realizar a higienização bucal após as principais refeições e antes de dormir

A partir do aparecimento do primeiro dente a escovação torna-se necessária. Pode-se iniciar com uma dedeira com ponta de silicone e depois com a escova. As cerdas macias não machucam o bebê e ele se acostuma com o ritual de limpeza.

3 – Tornar a experiência agradável

A higienização deve ser feita por um adulto, apoiando a cabecinha do bebê para maior conforto. Quando há resistência, músicas, livros e vídeos educativos adequados sobre higiene bucal podem criar um ambiente mais favorável e divertido.

4 – Utilizar materiais indicados para a idade do bebê

Existem escovas próprias, com cabeças pequenas e cerdas macias ou extra macias, além da dedeira já citada. A porção recomendada de creme dental com flúor é o tamanho de grão de arroz cru. Este limite deve ser observado para evitar problemas por excesso de flúor, já que o bebê ainda não sabe cuspir.

5 – Fazer uma escovação completa

A limpeza deve ser feita com movimentos leves e lentos, em todos os lados de todos os dentes. É importante também escovar bem a língua. Esta é a forma segura de garantir uma boa saúde bucal do bebê.

6 – Utilizar o fio dental para auxiliar na saúde bucal dos bebês

Quando os dentes do bebê são juntinhos é necessária a utilização do fio dental para remover os restos de alimentos. Há locais onde a escova não consegue alcançar e a placa bacteriana pode se desenvolver, provocando a cárie.

7 – Realizar a higienização mesmo após a mamada noturna

Nos casos em que o bebê solicita alimentação noturna, deve-se necessariamente proceder da mesma forma que nos outros momentos, pois o resíduo de leite na boca pode provocar a “cárie de mamadeira”. Este problema é o vilão da saúde bucal de bebês porque sabemos que, por mais que seja essencial, é difícil, tanto para os pais quanto para o bebê, realizar os procedimentos na madrugada.

8 – Estimular a higiene bucal dos bebês dando o exemplo

Bebês adoram imitar e, com isso, podem incorporar bons hábitos quando são feitos na frente deles. Quando os filhos veem seus pais praticando uma boa higiene bucal podem perceber uma mensagem tão boa ou melhor do que aquela que recebem quando ouvem explicar a sua importância.

 

Veja também:

http://uniodontouberlandia.com.br/como-e-uma-consulta-odontopediatrica/

http://uniodontouberlandia.com.br/estomatite-tratamento-em-casos-infantis/

http://uniodontouberlandia.com.br/5-dicas-que-ajudam-a-levar-as-criancas-ao-dentista-com-mais-facilidade/

Para ler mais artigos sobre saúde bucal e tratamentos dentários, visite nosso blog no site http://uniodontouberlandia.com.br/noticias/  e conheça nossa página no Facebook Uniodonto Uberlândia.

Leave a Reply