Contenção ortodôntica: o tratamento não acabou!

By 14 de outubro de 2020 Notícias

Contenção ortodôntica: o tratamento não acabou!

É um momento de festa e comemoração! Chegou o dia de tirar o aparelho ortodôntico! Acabou o tratamento!

Só que não. Para a maioria absoluta dos pacientes, o tratamento não acabou. Além disso, o dentista vai apresentar um novo personagem: o aparelho de contenção ortodôntica. Apesar de tudo, é uma grande mudança. O aparelho de contenção normalmente tem uma parte móvel e exige menos visitas ao consultório do que o fixo. Mas ele tem fundamental importância para manter o resultado conseguido pelo tratamento. Por isso, é uma parte essencial no processo. O objetivo é reduzir as chances de recidiva e acompanhar a evolução do paciente. Para tanto, deve ser utilizado pelo dobro do tempo de uso do aparelho ortodôntico, ou mesmo por um tempo indeterminado.

A contenção ortodôntica faz parte do tratamento e tem como função manter os dentes na posição ideal. Quando as pessoas fazem uso desse recurso, seus resultados são mais eficazes e estáveis, a longo prazo. Afinal, a tendência dos dentes de voltarem às posições anteriores fica bastante reduzida.

Com o passar do tempo, as movimentações dos dentes são inevitáveis. Por esse motivo, quanto mais interesse houver em manter os efeitos conseguidos, maior deverá ser o cuidado. Um bom profissional indica firmemente os aparelhos de contenção, sob o risco de perder o resultado conseguido no tratamento ortodôntico.

O que é a contenção ortodôntica?

O mais comum é que o aparelho de contenção ortodôntica seja removível na parte superior e fixo nos dentes inferiores. Mas existem variações de caso para caso e de dentista para dentista.

A peça superior é feita de acrílico para o céu da boca, mas com diferentes formas de grampos para retenção. A inferior é colada na parte de trás dos dentes inferiores, podendo até mesmo ser apenas um fio de aço. Pode ser ondulada, higiênica, permitindo a passagem do fio dental, ou reta.

O aparelho removível deve ser utilizado durante 24 horas por dia, sendo retirado apenas para comer e escovar os dentes. Especialmente nos primeiros seis meses de uso, deve ser usado durante o tempo todo. Depois desse período, é feita uma análise pelo ortodontista. O próximo passo é usar o aparelho apenas para dormir.

Cuidados durante o uso do aparelho de contenção ortodôntica

É importante compreender que a contenção é que garante a permanência do resultado do tratamento ortodôntico. Dessa forma, deve ser levada muito a sério. Quando essa fase é ignorada ou negligenciada, corre-se o risco de que o aparelho seja novamente necessário.

As consultas ao ortodontista nesse período são tão importantes quanto no anterior. São elas que permitem o acompanhamento da contenção, as alterações necessárias e o momento para sua retirada.

A boa higienização continua sendo a melhor forma de cuidar dos dentes, com as escovações recomendadas e o uso do fio dental. Além disso, como a parte inferior é colada aos dentes, podem ser necessárias ações de profilaxia profissionais.

O aparelho, ao ser retirado para a alimentação ou limpeza dos dentes, deve ser guardado na caixa protetora. Esse cuidado previne as perdas por quedas e quebras na mastigação. Entretanto, os alimentos duros devem ser evitados, caso haja uma contenção inferior.

A limpeza da peça superior é feita apenas com escovação e água. Há, porém, produtos específicos para higienização de próteses, que podem ser usados. A inferior, como é colada, deve ser avaliada periodicamente pelo ortodontista.

Parte fundamental do tratamento ortodôntico

A instalação do aparelho de contenção faz parte do tratamento ortodôntico, que consiste de vários protocolos e fases.  O molde é feito sob medida depois da retirada do aparelho principal, para refletir a posição atual dos dentes. Trata-se de um procedimento fundamental para evitar as recidivas ortodônticas.

A boa notícia é que as visitas ao dentista para manutenção ficam mais espaçadas. Durante o uso do aparelho de correção elas costumam ser mensais. Na fase de contenção ortodôntica, elas passam a ser trimestrais, semestrais e depois, anuais.

Consulte a Uniodonto Uberlândia sobre os melhores planos odontológicos para você e sua família. Um plano odontológico é a melhor solução para tratamentos contínuos e especializados. Contrate o seu online e conte sempre conosco.

Leave a Reply