Fada dos Dentes: a amiga das crianças

By 7 de outubro de 2020 Notícias

Fada dos Dentes: a amiga das crianças

O mês de outubro é um mês alegre e muito esperado pelos pequeninos. Afinal, no dia 12 comemora-se o Dia das Crianças. Na maioria dos casos, a alegria é gerada pela expectativa dos mimos que a garotada espera ganhar. E, por falar em presentes, na odontologia também existe uma fada, cuja principal função é justamente essa: presentear. É a Fada dos Dentes. Ela é a ajudante oficial do papai e da mamãe, na fase de troca da dentição. Em um período em que é difícil explicar por que os dentes caem, a fada é bastante útil. O artifício permite que a criança lide com esse fato com tranquilidade e, até mesmo, com empolgação. Por outro lado, pode se tornar até mesmo um incentivo aos cuidados bucais. A fadinha pode não gostar de dentes sujinhos, não é mesmo?

 

Veja também:

Meu filho tem dentes tortos. O que fazer?

10 superalimentos que protegem os dentes

Cuidados bucais: carinho para o bebê

 

O lúdico, as lendas e os personagens são grandes facilitadores para a introdução de ensinamentos e explicações difíceis. A Fada do Dente permite à criança aceitar a perda do dentinho como uma parte positiva das etapas do crescimento.

A troca de dentição

Por volta dos seis meses de vida, os primeiros dentinhos começam a apontar. A dentição de leite é concluída até os dois anos, aproximadamente, completando 20 dentes. Entretanto, aos cinco ou seis anos esses dentes de leite começam a cair e são substituídos pelos permanentes.

O processo de troca da dentição dura até os onze ou doze anos. Durante esse período, a criança tem que conviver com os dentes moles e as famosas janelinhas. Porém, graças à Fada dos Dentes, tudo isso é justificado.

De fato, diz a lenda que o dente perdido deve ser colocado debaixo do travesseiro. Durante a noite, a fada vem e troca o dentinho por um presente, moedas ou um dinheirinho. Quer recompensa melhor? Com essa promessa, os pequenos heróis encaram o medo e permitem, com bravura, que os pais removam o dente.

A crença na fada normalmente persiste por um bom tempo, servindo como estímulo à escovação e coragem para a troca.

De onde surgiu a Fada dos Dentes?

A lenda remonta ao início do século XX, mas o ato de trocar dentes de leite por presentes é muito mais antigo. Há mais de mil anos, os Vikings já tinham esse costume.

Na Europa Ocidental existia um folclore que dizia que os dentes não deveriam cair em poder das bruxas. Portanto, deveriam ser guardados ou queimados, pois corriam o risco de serem enfeitiçados. Desde essa época, os pais são encarregados de cuidar e proteger os dentes de leite dos filhos.

Mas, para muitos pesquisadores, a ideia da fada veio de um ratinho. O conto francês O Bom Ratinho foi escrito em 1697, por Madame d`Aulnoy. Na história, uma fada se transforma em um ratinho para se esconder debaixo do travesseiro de um rei malvado.

Para ajudar a rainha a escapar da maldade do soberano, o bichinho passa a atormentar o rei. Dessa forma, morde suas orelhas, seu nariz e o interior de sua boca, fazendo com que seus dentes caiam.

A Fada dos Dentes pelo mundo

Como já dissemos, o conto do bom ratinho foi criado na França, e lá ele é o responsável pela troca dos dentes de leite. Na Espanha, esse encargo é do Rato Pérez, que paga uma moeda pelo dente que estiver debaixo de uma almofada. O Rato Pérez é conhecido também no Chile, na Colômbia, Venezuela, Panamá e Uruguai.

Na Argentina, o ratinho procura o dente em um copo de água. Ao encontrar, bebe toda a água, assim como o dentinho, e deixa a moeda dentro do copo vazio.

Já em muitos países da Europa, é a própria Fada dos Dentes que faz a troca do dente pela moeda. Desde que ele esteja debaixo de uma almofada. Porém, na Itália, coexistem os dois personagens: a fada Fatina e o ratinho Topino.

Nos Estados Unidos, a fada é tão importante que possui um museu e um dia nacional de celebração.

No Brasil, até pouco tempo, o dente era jogado no telhado ao mesmo que tempo em que se cantava uma canção. O objetivo era pedir que os novos dentes viessem fortes e saudáveis. Entretanto, aos poucos, a Fada do Dente também acabou conquistando os pais e as crianças.

Proteja os dentes dos seus pequenos heróis com um plano familiar da Uniodonto Uberlândia. Apesar das brincadeiras, a saúde bucal é uma coisa muito séria.

Leave a Reply