Dentes dos fumantes: o que acontece com eles?

By 17 de junho de 2020 Notícias

O que acontece com os dentes dos fumantes?

dentes dos fumantes

Que o hábito de fumar pode trazer sérias consequências para a saúde, todos sabemos. Em especial agora, quando coloca o fumante dentro dos grupos de riscos para a Covid-19. Mas outros males também são desencadeados pelo tabagismo, como doenças pulmonares, cânceres, enfisema e bronquite. De fato, todo o organismo é afetado pelos produtos que compõem o cigarro. A saúde bucal é uma das principais atingidas, pois na boca os efeitos do cigarro são mais visíveis. Além do risco de câncer bucal, perda do olfato e paladar, os dentes dos fumantes são seriamente afetados. O escurecimento e as manchas nos dentes, a halitose e as doenças bucais são facilmente identificáveis em um fumante.   

Não existe prevenção para esses problemas e a única solução é deixar de fumar. De qualquer forma, dependendo da situação, alguns estragos não podem ser recuperados. Portanto, quanto antes o vício for vencido, melhor para a saúde e para os dentes dos fumantes.

 

Veja também:

Quais são as tonalidades de dentes que existem?

Como manter um sorriso perfeito na quarentena?

10 super alimentos que protegem os dentes

Rotina saudável é garantia de dentes limpos

 

Efeitos do tabagismo na boca

Mau hálito

O tabagismo prejudica a oxigenação e provoca secura e irritação das mucosas da boca e vias respiratórias. Dessa maneira, aparece o mau hálito, que se junta ao cheiro dos componentes do cigarro, acentuando a halitose.

Diminuição dos sentidos do paladar e do olfato

O fumante, aos poucos, vai sofrendo uma perda na percepção de cheiros e gostos, particularmente o sabor salgado. Portanto, tende a compensar a quantidade de sal nas refeições, que gera também um risco para a pressão arterial.

Câncer bucal

O risco de câncer bucal existe devido à quantidade de substâncias cancerígenas utilizadas na fabricação do cigarro. Fumantes devem estar atentos a qualquer mudança nas mucosas da boca.

Efeitos do consumo de cigarros nos dentes dos fumantes

Escurecimento e manchas

Este é o efeito mais visível, pois afeta o sorriso e a aparência. Os dentes dos fumantes ficam amarelados devido à ação da nicotina e do alcatrão, que se depositam na superfície dentária.

Incidência maior de cáries

Os componentes do cigarro se depositam no esmalte dentário, podendo penetrar nos túbulos dentários. A agressão, sobretudo aliada à diminuição da saliva, aumenta muito a probabilidade de aparecimento de cáries.

Periodontite

Além de todos os fatores que provocam as cáries, o cigarro ainda tem um efeito vasoconstritor. Com a diminuição da irrigação, as gengivas se tornam mais claras, mascarando as inflamações. O resultado são cáries profundas nas raízes dos dentes dos fumantes, gengivite e, logo depois, a periodontite.

O cigarro também interfere no sistema imunológico, tornando difícil para o organismo reagir às bactérias formadoras da placa bacteriana.

O clareamento dental 00pode não ser efetivo

O resultado do branqueamento em dentes dos fumantes fica comprometido, especialmente se a pessoa fuma durante o processo. O ideal é parar antes de iniciar o procedimento ou, pelo menos, reduzir. Porém, nunca será um resultado cem por cento satisfatório.

Para um resultado melhor em pessoas que realmente não querem abandonar o hábito, os tratamentos são mais invasivos. As facetas de porcelana, por exemplo, são coladas ao dente depois de um pequeno desgaste na superfície do esmalte.

Fumantes devem ser mais cuidadosos com a limpeza bucal

Se pessoas não fumantes devem fazer três escovações ao dia, os fumantes devem aumentar essa frequência, sem esquecer da língua. O fio dental também é imprescindível, nesses casos, sempre que possível. Além disso, pelo menos duas aplicações de enxaguante bucal durante o dia podem atenuar o mau hálito.

As visitas periódicas ao dentista são ainda mais importantes, para acompanhar a saúde bucal e avaliar a cavidade oral. A limpeza profissional ajuda a barrar a placa bacteriana e o desenvolvimento de doenças bucais.

Abandonar o tabagismo é o melhor conselho

dentes dos fumantesDiante de todos os efeitos nocivos que o hábito de fumar provoca, a opção mais inteligente é parar de fumar. Nunca é tarde para adotar um estilo de vida mais saudável. Existem tratamentos e medicamentos que minimizam os sintomas da abstinência à nicotina. Porém, o principal incentivo é o amor à vida.

Aproveite as consultas com o dentista para desenvolverem juntos um plano de ação com o objetivo de parar de fumar. Manter a boca e os dentes limpos pode motivar a busca por uma vida com mais saúde e um sorriso mais branco. Proteja-se e livre-se dos problemas que afetam os dentes dos fumantes.

Conte com os profissionais credenciados da Uniodonto Uberlândia! Faça sua cotação no site e contrate online o plano odontológico ideal para você e sua família.

Leave a Reply