No final do século passado, um terço da população mundial consumia tabaco.

O número de fumantes no mundo diminuiu. É o que revela uma pesquisa divulgada pela revista científica The Lancet em abril.  Hoje, apenas 25% da população continua com o hábito que prejudica, e muito, a saúde bucal resultando em problemas com o tabagismo.

Segundo a Organização Mundial da Saúde, o tabaco mata quase 6 milhões de pessoas anualmente. Além de causar danos aos pulmões e coração, a boca também é afetada pelo uso contínuo de cigarro. Muitas doenças podem afetar a região e a consulta regular ao dentista se torna imprescindível para fumantes e para aqueles que largaram o hábito há pouco tempo.

Conheça os principais problemas bucais causados pelo tabagismo:.

1. Câncer
As substâncias tóxicas do cigarro contribuem para aumentar o risco de câncer em fumantes. Porém, uma vez que o consumo é interrompido, a probabilidade de desenvolvimento da doença cai drasticamente após 10 anos sem consumir cigarro. As principais ocorrências relacionadas são nos lábios, língua e assoalho da boca e os principais sintomas são feridas que não cicatrizam e manchas esbranquiçadas ou avermelhadas.  

2. Problemas periodentais
Fumantes são mais suscetíveis a desenvolver doenças periodentais, ou seja, infecções na gengiva e ossos ao redor dos dentes devido ao acúmulo de bactérias. O risco é maior nesse grupo porque fumar prejudica o sistema imunológico, deixando a ação das bactérias mais nociva.

3. Xerostomia e halitose
O cigarro contribui para a diminuição da secreção salivar, deixando a sensação desagradável de boca seca, também chamada de xerostomia. A saliva é um componente importante para o sistema digestivo, limpeza da boca e equilíbrio da flora bucal. Como este sistema é prejudicado pelo tabagismo, é comum o aumento da halitose, o temido mau hálito.  

4. Manchas nos dentes
A pigmentação machada e amarelada nos dentes aparecem devido à formação do tártaro (placa bacteriana). O cigarro dá a falsa sensação de boca limpa e, assim, a higienização bucal acaba sendo negligenciada, contribuindo para acúmulo de bactérias.

É preciso ficar atento a qualquer sinal diferente em sua boca para tratar qualquer doença em seu início. Consulte seu dentista regularmente.

Leave a Reply