5 dicas sustentáveis para desperdício zero com saúde bucal

De 4 de abril de 2019Notícias

5 dicas sustentáveis para desperdício zero com saúde bucal

É crescente a preocupação da sociedade com temas ligados ao  desenvolvimento sustentável. Imagens e reportagens, por exemplo, denunciando a quantidade de plásticos nos oceanos e dentro (sim, dentro!) do estômago dos animais aquáticos, pipocam nos meios de comunicação. Sendo assim, fica evidente a necessidade de uma maior consciência ecológica, gerando um novo conceito de qualidade de vida. A princípio, na Odontologia, poderíamos chamar de desperdício zero com saúde bucal. E esta é uma via de mão dupla. De um lado, são oportunas as ações que visam a economia de recursos e descarte correto de resíduos, por parte dos profissionais. E de outro, uma mudança em nossos próprios comportamentos de consumo.

Entretanto, há um grande choque entre a necessidade de novas atitudes nesta direção e dois elementos que permeiam a vida moderna. A escassez de tempo e a comodidade não só fazem com que fechemos os olhos para os problemas futuros, como também que foquemos na tranquilidade presente. Prova disso é o excesso de lixo gerado em nossas residências.

Escolha a cultura do desperdício zero com saúde bucal

Só para ilustrar, quantas coisas descartamos sem sequer saber qual será o seu destino? Mais do que isso, quantos potes de plástico se acumulam em nossos banheiros? Da mesma forma, especialistas dizem que uma pessoa utiliza em média 300 escovas durante toda a sua vida. Para onde vão todas estas escovas?

Certamente, a consciência ecológica é determinante para o futuro do planeta. Por conseguinte, trouxemos no post de hoje 5 dicas sustentáveis para desperdício zero com saúde bucal.

Leia também:

8 dicas para escolher fio dental

Como escolher o melhor creme dental

5 coisas que você deve saber antes de clarear os dentes

Como lidar com a saúde bucal de acordo com a faixa etária

Dica #1 – Procure por produtos naturais e embalagens recicláveis

 

Produtos naturais poluem menos quando produzidos. Ainda assim, ao comprá-los, prefira as embalagens de vidro, papel, tecido ou plástico biodegradável. Desta maneira, evita-se o acúmulo de itens a serem jogados no lixo, promovendo o desperdício zero com saúde bucal.

 

Dica #2 – Conheça as escovas dentais sustentáveis

Enfim, escovas dentais de bambu já existem. Sobretudo, são ecologicamente corretas, pois não poluem o planeta, sendo 100% biodegradáveis. Por outro lado, o bambu tem um crescimento muito rápido, o que permite que seja utilizado com um reflorestamento adequado.

O tempo de vida útil de uma escova de bambu, assim como nas escovas convencionais, depende apenas do cuidado na utilização e no armazenamento. É importante deixar que sequem totalmente e, ao escovar, aplicar menos pressão para evitar o desgaste das cerdas.

Paralelamente, algumas marcas já estão produzindo também escovas com cabo reutilizável, que permitem a troca das cerdas sem o descarte do cabo.

Dica #3 – Prefira cremes dentais sustentáveis ou naturais

A corrida por dentes brancos e bonitos tem resultado na criação de pastas dentais abrasivas e tóxicas. Com efeito, elas podem desgastar os dentes e causar dores de estômago e outros incômodos.

Entretanto, já existem no mercado cremes dentais orgânicos. Elas trazem o selo eco-friendly e, desse modo, possuem composição integralmente natural. Conseguem os mesmos efeitos que as pastas tradicionais, porém sem a utilização de químicos em sua composição.

Os cremes dentais orgânicos fazem uso de óleos e açúcares naturais e utilizam uma variedade de frutas e plantas para criar sabores agradáveis como nas demais pastas. Porém, há uma preocupação em relação a esta novidade: a ausência de flúor.

Contudo, alguns especialistas consideram a prática de um escovação eficiente e o uso do fio dental suficientes para garantir uma boca saudável. Além disso, nossas águas já são fluoretadas e a aplicação semestral no consultório continua recomendada.

Além das novas pastas dentais orgânicas, existe também a possibilidade de utilizar pastas feitas em casa. De fato, há inúmeras receitas circulando pela internet, a maioria delas utilizando bicarbonato de sódio. Por certo, uma grande vantagem é o desperdício zero com saúde bucal.

Dica #4 – Procure um fio dental sustentável

O fio dental é feito de nylon ou teflon, que não são biodegradáveis. A substituição destes materiais por seda foi o caminho encontrado para a criação de um fio dental sustentável. Porém, o fio dental é o item de higiene bucal mais difícil de ser substituído.

Alguns fabricantes têm apostado na venda do fio em refis, com o objetivo de, ao menos, diminuir o descarte das embalagens plásticas.

Dica #5 – Adote práticas ecologicamente corretas

Finalizando, alguns conselhos para incorporar uma higiene bucal mais sustentável. Em primeiro lugar, nunca jogue o fio dental usado no vaso sanitário. Lembre-se de que a água do esgoto também vai para os rios e necessita ser tratada. E, por fim, leia sempre os ingredientes dos produtos que utiliza e evite componentes tóxicos e poluentes.

E então? Vamos criar novas atitudes sustentáveis e buscar o desperdício zero com saúde bucal? Acompanhe o Blog da Uniodonto Uberlândia e tenha sempre dicas para uma melhor qualidade de vida.

Comunicação Uniodonto

Autor Comunicação Uniodonto

Mais mensagens de Comunicação Uniodonto

Responder