Quando é hora de fazer uma cirurgia dentária?

hora de fazer uma cirurgia dentária 

São muitas as situações que podem levar à necessidade de uma cirurgia dentária. A mais comum delas é a extração de dentes, mas existem várias outras relacionadas com a prevenção ou reabilitação da saúde bucal. As cirurgias orais englobam todos os procedimentos cirúrgicos realizados por um cirurgião dentista na região da cavidade bucal. E é evidente que apenas o profissional de odontologia pode avaliar quando é hora de fazer uma cirurgia dentária. Afinal, quando se chega a essa etapa, significa que antes houve um tratamento ou, pelo menos, uma consulta de avaliação. Para o paciente, a cirurgia normalmente traz medo e ansiedade, por isso é sempre bom algum conhecimento sobre o assunto.

 

Veja também:

Como acabar com afta na boca?

Disfunção da ATM: o que é e como tratar?

Câncer bucal: entenda os sintomas e tipos da doença

5 sinais que você tem problema na gengiva

 

Quais são as cirurgias dentárias mais realizadas?

Cirurgia Oral Menor

São aquelas feitas no próprio consultório do dentista e que envolvem menor risco. Normalmente utiliza-se apenas anestesia local e a recuperação é rápida. As extrações, especialmente as do dente do siso, são as mais recorrentes.

Cirurgia para remoção de cistos

Apesar de também se tratar de um procedimento simples, nesse caso deve ser feita uma biópsia. A continuidade do tratamento dependerá do resultado desse exame.

Cirurgias gengivais

São realizadas em pacientes com doenças periodontais, quando a infecção atingiu a gengiva e a estrutura óssea dos dentes. O mais conhecido é o retalho gengival, procedimento que é indicado para limpeza e redução da bolsa periodontal. Mas, além dele, existem a Gengivectomia e a Gengivoplastia. A primeira remove o excesso e a segunda remodela o tecido gengival.

Implantes dentários

O enxerto ósseo prepara o local para receber o implante dentário, composto pelo pino metálico e a coroa.

Cirurgias Ortognáticas

Indicada para adultos, altera a posição da mandíbula, para correção da mordida e eliminação da dor causada pela posição inadequada. São utilizadas placas e parafusos de titânio, assim como nos implantes.

Como saber se é hora de fazer uma cirurgia dentária?

Agora que já vimos os tipos de cirurgia mais realizados, podemos pré-avaliar a necessidade de fazer ou não uma cirurgia. Ressaltando, porém, que é o dentista o profissional que irá fazer a indicação do procedimento, se realmente necessário.

hora de fazer uma cirurgia dentáriaExtração de dente – quando é necessária?

A extração deverá ser a última opção de um dentista, mas há casos em que não há como fugir. Por exemplo, quando a cárie é muito extensa, quando existe necrose pulpar ou para perdas ósseas, com mobilidade severa. Ou ainda, nos casos de necessidades ortodônticas, fraturas dentárias ou dentes supranumerários.

Como reconhecer problemas na gengiva?

As alterações na aparência da mucosa, como cor ou retração, são os principais indicativos de infecção. Sangramento, inchaço, aftas ou mau hálito também são alertas para problemas na gengiva. Porém, o amolecimento dos dentes é um sinal mais grave e aponta para um agravamento do problema.

O que indica a necessidade de uma cirurgia ortognática?

Normalmente, esse reconhecimento é visual. Existe algo que não agrada na parte inferior do rosto ou na boca. São situações de mandíbula ou maxilar pequenos ou grandes demais, mordida muito aberta ou dentes apinhados ou tortos. O dentista irá verificar a possibilidade de correção com aparelhos antes de indicar a cirurgia.

O que fazer antes da hora de fazer uma cirurgia dentária?

Converse com o seu dentista sobre quais cuidados são necessários no pré-operatório. Em geral, existem algumas precauções padrões que devem ser tomadas:

1 – Evite consumir qualquer coisa muito próximo da hora de fazer uma cirurgia. Recomenda-se também suspender o uso de remédios, álcool e tabaco nas 12 horas antecedentes.

2 – Faça a higiene bucal antes de entrar no local da cirurgia.

3 – Procure estar acompanhado, pois não se pode prever seu estado no final da cirurgia. Além do mais, é possível que precise passar na farmácia para comprar alguns medicamentos.

4 – Vista uma roupa confortável e evite usar acessórios, maquiagem e lentes de contato.

Quais são os cuidados no pós-operatório?

O mais comum é que o dentista prescreva alguns medicamentos para o período pós cirurgia. Então, siga as recomendações do profissional, tome os medicamentos nas horas certas, evite alimentos ácidos e prefira os macios. Faça a limpeza da forma indicada e não fume, por, pelo menos 24 horas depois do procedimento.

Caso a recuperação não ocorra conforme o previsto, contate o seu dentista. É bom lembrar também que muitos tipos de tratamentos e cirurgias são oferecidos pelo SUS. Segundo o Blog da Saúde, do Ministério da Saúde, “são mais de 24 mil equipes atendendo em 89,6% dos municípios de todo o Brasil”.

O artigo foi interessante para você? No Blog da Uniodonto Uberlândia há muito mais assuntos relevantes sobre Odontologia que você vai gostar de ler.

Leave a Reply