5 sinais que você tem problema na gengiva

By 7 de agosto de 2019 Notícias

5 sinais que você tem problema na gengiva

problema na gengiva 

A gengiva é uma parte da mucosa bucal que reveste o osso e sustenta os dentes, compondo uma faixa mastigatória em torno deles. A aparência normal da gengiva apresenta tonalidade vermelho claro e sua consistência é firme, com uma profundidade de 1 a 3mm. Em geral, quando está comprometida, pode indicar que outras regiões da boca também já foram atingidas. Além disso, as doenças gengivais normalmente estão ligadas a uma higiene bucal inadequada ou insuficiente. O aspecto da mucosa é o principal guia para o diagnóstico de problema na gengiva, mas não é o único indicativo. Muitas vezes não há dor e, então, é importante conhecer alguns sintomas típicos.

Um problema na gengiva pode vir a se tornar também um problema para o coração. As bactérias que causam as infecções podem chegar aos vasos do coração, através da corrente sanguínea, causando outra inflamação. Com isso, o diâmetro dos vasos diminui e dificulta o fluxo sanguíneo, podendo ser a causa de uma doença coronária ou um infarto.

 

Veja também:

Saúde bucal da família: além da escovação

Síndrome do super-homem: por que os homens precisam cuidar da saúde bucal

Hora do Check-up anual: 4 vantagens em contar com a cobertura de um plano odontológico

Quais os 3 tipos de cirurgia gengival mais comuns?

 

Tipos de problema na gengiva

Gengivite

problema na gengivaEsse tipo de doença gengival traz pouco ou nenhum desconforto, facilitando o descaso e a postergação na busca por tratamento. Porém, se não tratado, pode evoluir para um estágio mais grave. Embora a causa mais comum seja a falta de higiene bucal eficiente, não é a única.

Álcool e cigarro em excesso e algumas medicações contribuem para que a irritação aconteça. Outros fatores também favorecem o problema na gengiva, como, por exemplo, o estresse, o diabetes e algumas mudanças hormonais, especialmente na gravidez.

Periodontite

Nesse estágio, as consequências são mais sérias, podendo causar fortes dores e até a perda dos dentes. A placa bacteriana atinge a gengiva por baixo, causando inflamação. Dessa forma, o tecido se afasta dos dentes, abrindo espaço para a entrada de bactérias nas regiões internas.

5 sinais de alerta para a existência de problema na gengiva

Mudanças na aparência

Um dos primeiros sinais de problema na gengiva é a alteração da cor. A coloração da gengiva é rosada e uniforme. Por isso, atenção se elas estiverem avermelhadas ou arroxeadas. Outra alteração é a retração, expondo uma parte maior dos dentes. Esse é um forte indício de infecção.

Sangramento

É um dos sintomas mais comuns de problema na gengiva. Pode ocorrer durante a escovação, ao passar o fio dental ou ao morder um alimento.

Inchaço ou aftas

O inchaço é um sintoma clássico de inflamação, sendo assim também com a gengiva. Ela pode ficar macia e fofa, quando deveria estar firme e bem apegada aos dentes. As aftas também podem indicar algum problema na gengiva ou na região bucal.

Mau hálito

A halitose pode ser mais um indicativo de problema na gengiva. Os compostos produzidos pelas bactérias liberam um cheiro desagradável, que deve ser investigado. O mau hálito pode apontar também para outras enfermidades, como as doenças intestinais.

Dentes moles

O amolecimento dos dentes é um dos piores sintomas de problema na gengiva, e é sinal de que o problema está se agravando. É causado pelo afastamento da gengiva e faz com que os dentes percam a sustentação. O perigo aqui é a perda dos elementos dentários.

Como tratar um problema na gengiva

O primeiro passo é tratar a infecção, com anti-inflamatórios e antibióticos. Em seguida, o dentista provavelmente fará a restauração das áreas afetadas e a avaliação das causas. Em adição, podem vir a ser necessárias algumas mudanças de hábito ou de alimentação.

Formas de prevenção

problema na gengivaA prevenção para um problema na gengiva é a mesma indicada para qualquer problema na boca e para a preservação da saúde bucal. Em primeiro lugar, evitar ou diminuir o consumo de cigarros, bebidas alcoólicas e alimentos com alto teor de açúcar.

Em seguida, evidentemente, cuidar melhor da higiene bucal. São necessárias, pelo menos, três escovações diárias bem feitas, após as refeições e antes de deitar. O fio dental é, da mesma forma, imprescindível, e deve ser usado uma vez ao dia, no mínimo.

E, por último, realizar as visitas periódicas ao dentista. Ele é o profissional que irá diagnosticar os problemas e realizar os procedimentos e tratamentos indicados para cada situação.

Apesar de parecer simples, um problema na gengiva pode atingir níveis preocupantes e sérios. Além das dores e da perda dos dentes, há o risco de problemas em outras áreas do corpo, como o coração. Porém, é um problema de fácil identificação que, se tratado precocemente, pode ficar restrito a uma pequena intervenção odontológica.

Conheça mais sobre problemas de saúde bucal e seus tratamentos no blog da Uniodonto Uberlândia. Visite o site e contrate online o melhor plano odontológico para você e sua família.

 

Leave a Reply