5 indicativos marcantes de uma boca saudável

By 8 de janeiro de 2020 Notícias

5 indicativos marcantes de uma boca saudável

O que significa ter uma boca saudável? Por boca, entendemos tanto a parte externa quanto a cavidade oral. Portanto, ter uma boca saudável começa por ter lábios saudáveis, hidratados e sem machucados. Em países como o nosso, extremamente quentes, o protetor labial deve ser um item indispensável na farmacinha. Porém, são as estruturas do interior da boca que revelam um organismo saudável e bem cuidado. Trata-se de um local que, na maioria das vezes, somente nós podemos dizer ao certo se está em boas condições ou não. Com exceção de situações especiais, quando uma simples observação permite perceber sinais preocupantes. Então, é importante que cada pessoa avalie frequentemente o aspecto dos vários elementos presentes no interior da boca.

Em uma boca saudável, as mucosas devem ser rosadas, nem muito claras nem muito escuras. Não deve haver sangramentos nem inchaços na gengiva. A língua deve estar limpa, sempre rosa, porém sem estar lisa demais ou marcada nas laterais, e não deve haver sinais de acúmulo de placa bacteriana ou tártaro.

 

Veja também:

O que você sabe sobre limpeza dentária feita no consultório?

7 problemas que a má higiene bucal pode causar

6 doenças que afetam a saúde bucal

3 passos para encontrar o dentista mais perto de mim

 

Manter a saúde bucal é também prevenir doenças cuja primeira manifestação ocorre no local. Por isso, é ainda mais recomendável uma vistoria rotineira em frente ao espelho e, mais ainda, uma avaliação profissional periódica. Acompanhe abaixo cinco sinais marcantes de que você possui uma boca saudável, internamente.

Indicativos de uma boca saudável

1 – Dentes claros e fortes

Esse é, quase sempre, um sinal evidente e óbvio de ausência de cáries. Um dente uniforme e claro, das pontas à raiz, provavelmente não tem acúmulo de placa bacteriana. É claro que existem exceções, mas, de uma maneira geral, indica uma higienização bem feita e uma boa saúde bucal.

Quando há uma formação muito grande de placas bacterianas e tártaro, ela começa a ficar visível nos dentes. Portanto, os dentes devem estar sempre limpos, lisos, sem manchas ou placas.

2 – Gengivas uniformes e sem sangramento

A cor das gengivas deve ser rosada e sua superfície uniforme, sem feridas anormais. As aftas ou lesões devem ser bem avaliadas, especialmente as que não causam dor ou demoram a desaparecer. A saúde da gengiva está diretamente ligada à uma boa alimentação, de preferência rica em vitamina C.

Os sangramentos nem sempre indicam um problema bucal, mas não devem ser ignorados. Normalmente eles são causados pela escovação ou pela pressão de algum alimento mais duro. Mas, também, podem ser sintomas de algo mais, como, por exemplo, uma diabetes ou gengivite.

A gengivite é originada por infecções relativas ao agrupamento de tártaro nos dentes. Ter gengivas uniformes e sem sangramento, então, geralmente significa ter uma boca livre de problemas.

3 – Ausência de sensibilidade nos dentes

Apesar da sensibilidade poder ser uma tendência natural específica do indivíduo, muitas vezes indica problemas de saúde bucal. Principalmente quando os dentes ficam sensíveis à ingestão do açúcar, a probabilidade é de que já exista um quadro infeccioso.

De qualquer forma, não possuir sensibilidade nos dentes é um forte indicador de uma boca saudável.

4 – Bom hálito

O mau hálito nem sempre é um sinal de doença bucal, mas é sempre um problema. O cheiro ruim na boca pode ser sintoma de alguma doença respiratória, diabetes, ou problemas estomacais. Entretanto, as lesões nos dentes ou nas mucosas e a má higienização podem provocar odores desagradáveis.

Portanto, um hálito neutro e sem cheiro forte é outro indicador de que a boca está sendo bem cuidada e que o organismo está saudável.

5 – Língua sem alterações de cor e textura

A cor da língua segue a coloração das mucosas da cavidade bucal. O tom deve ser rosado e a textura uniforme. Uma língua esbranquiçada demonstra falta de higienização e acúmulo de saburra, que contém resíduos alimentares e bactérias. A limpeza da língua deve acompanhar sempre o ritual de escovação.

A descamação da língua, ou língua geográfica, prejudica o processo de alimentação, pois provoca hipersensibilidade. Este quadro pode estar ligado a doenças alérgicas ou dermatológicas. Além disso, a carência de algumas vitaminas ou ácido fólico pode resultar em inchaço e vermelhidão da língua.

Ter uma boca saudável, portanto, é ter dentes e mucosas limpas e bem cuidadas. A saúde bucal refere-se a uma estrutura crítica para a integridade do organismo, já que é a primeira etapa do processo alimentar. Além disso, é o local de manifestação de várias outras doenças internas.

Sendo assim, é correto afirmar que um boca saudável geralmente revela um corpo saudável. O acompanhamento profissional da região bucal garante uma avaliação adequada e o diagnóstico precoce de problemas e adoecimentos.

Conte com a Uniodonto Uberlândia para ajudar você a manter sua boca saudável. Faça uma cotação e contrate um plano ideal para toda a família!

Leave a Reply