Por que o açúcar faz tão mal aos dentes?

By 10 de julho de 2019 Notícias

Por que o açúcar faz tão mal aos dentes?

açúcar faz mal aos dentes

Todos nós sabemos que o açúcar faz mal aos dentes. Mas de que maneira? Em que quantidade? O que acontece na boca quando ingerimos um alimento doce? Existe um fator muito importante a ser considerado em relação ao açúcar. O pior consumo é o consumo frequente. Isto significa que pequenas porções consumidas ao longo do tempo têm um efeito mais devastador do que uma grande porção ingerida de uma só vez. De fato, todas as vezes que o açúcar é levado às bactérias, elas produzem ácidos. O ácido leva apenas 20 segundos para ser produzido e permanece em torno de 30 minutos na boca, destruindo o esmalte dos dentes.

 

Veja também:

Os segredos para cuidar dos dentes de leite

3 dicas para criar bons hábitos de saúde bucal para crianças

Mascar chicletes e sua saúde bucal

Por que eu tenho dentes sensíveis?

 

Como o açúcar afeta os dentes

As bactérias da boca se alimentam do que comemos. Em presença do açúcar, produzem ácidos que conseguem dissolver o esmalte dos dentes, causando a cárie dentária. O que acontece é que, quando o pH da boca cai para 5,7, em função da acidez, ocorre a desmineralização dos dentes. Ou seja, os ácidos dissolvem os minerais do esmalte, deixando-os mais sensíveis.

Alguns sintomas desta desmineralização podem ser percebidos. Por exemplo, partes dos dentes têm sua sensibilidade aumentada, podem mudar de cor, tornando-se amareladas, ou perdem a opacidade, ficando transparentes.

É verdade que o açúcar faz mal aos dentes

açúcar faz mal aos dentesO açúcar é, na realidade, um carboidrato cristalizado comestível e sua principal característica é o sabor. O tipo mais comum é a sacarose, composta de frutose e glicose. Pode ser feito a partir da cana de açúcar, mais usado no Brasil, ou da beterraba, utilizado pelos europeus, mas possuem o mesmo teor adoçante.

Os três tipos de açúcares são os seguintes:

Glicose – é um açúcar simples e atua no corpo gerando energia.

Sacarose – o tipo refinado é um dos mais perigosos, possuindo alto poder de adesão ao esmalte dos dentes.

Frutose – presente nas frutas, é inofensivo. Porém, quando industrializado, passa a ter as mesmas características cariogênicas.

A ingestão indiscriminada de alimentos contendo açúcar faz mal aos dentes. Uma grande frequência na utilização do componente na dieta demanda uma higienização também frequente, além do hábito de beber bastante água. Do contrário, a produção de ácidos e sua presença na boca acabarão por desmineralizar o esmalte dos dentes, produzindo as cáries.

O açúcar é utilizado na fabricação de inúmeros produtos que consumimos. Os mais evidentes são as guloseimas, os refrigerantes, os doces, tortas e sobremesas em geral. Mas muitas comidas processadas também apresentam quantidade considerável de açúcar.

É um bom costume verificar os ingredientes listados nas embalagens, já que eles costumam vir em ordem decrescente de presença no produto. Se o açúcar estiver entre os 5 primeiros, devemos evitar o consumo, presumindo que estaremos colocando em risco nossa saúde bucal.

Como minimizar os efeitos do açúcar nos dentes

Quando comemos ou bebemos produtos açucarados, estamos alimentando as bactérias da boca, pois elas se nutrem principalmente do açúcar. Quanto mais alimentos doces, maior a probabilidade de que as bactérias produzam os ácidos que causam as cáries. Por isso é que o açúcar faz mal aos dentes.

Para minimizar esses efeitos, devemos ter alguns cuidados:

Dieta equilibrada

açúcar faz mal aos dentesÉ impossível viver completamente sem o açúcar, mas podemos controlar a quantidade e a frequência. Uma boa dieta deve conter grãos, frutas, legumes e proteínas e o mínimo de alimentos açucarados pegajosos. A água deve substituir os refrigerantes e os sucos adoçados, e os lanchinhos entre as refeições devem ser evitados.

Higiene bucal adequada

Escovar bem os dentes sempre depois de comer, especialmente alimentos doces, elimina as bactérias e impede a formação de ácidos. Para uma limpeza mais completa, o uso do fio dental, pelo menos 1 vez ao dia, é indispensável. Manter estes acessórios junto ao material escolar ou de trabalho possibilita manter os cuidados mesmo fora de casa.

A escolha de uma boa escova, creme dental com flúor e um fio que se adapte aos dentes funciona como mais um fator de defesa. E, da mesma forma, as consultas regulares ao dentista e a limpeza no consultório, previnem os problemas, combatendo os sinais de desmineralização logo no início.

Quando o assunto é saúde bucal, os temas principais são a alimentação e a prevenção. Uma vez que sabemos que o açúcar faz mal aos dentes, devemos evitar ao máximo o seu consumo. Na impossibilidade, proceder a uma higiene bucal efetiva logo após a sua ingestão e consultar sempre o dentista.

 

Conheça mais sobre saúde bucal e tratamentos dentários no blog da Uniodonto Uberlândia. Visite nosso site e contrate online o melhor plano odontológico para você e sua família.

Leave a Reply